Tom Holland fala sobre sua experiência nos bastidores de “No Coração do Mar” com Ron Howard

Como foi sua introdução para este filme? Você simplesmente ouviu que Ron Howard estava fazendo um novo filme?

Tom Holland: Bem, não. Eu acho que li o roteiro primeiro. Meu agente me enviou o roteiro, e eu, obviamente expressei minha excitação sobre o projeto e eu estava realmente animado com a pespectiva de trabalhar com Ron, também Chris, que se juntou a este ponto. E então ele meio que me enviou uma chamada no Skype. Ron e eu tivemos uma boa conversa sobre o projeto e sobre o que ele queria trazer para o filme e o que eu poderia trazer e eu entrei para o eleco depois disso.

CS: Eu não sei muito sobre sua vida, então você foi para a escola de teatro e toda a coisa ou você nunca sequer chegou a esse ponto em seus estudos?

Tom Holland: Eu fui para uma escola primária comum e, em seguida eu comecei a me apresentar em um show chamado “Billy Elliot” no West End, que era uma espécie de escola de teatro. Eles me ensinaram tudo o que eu precisava saber para fazer isso. Eu então trabalhei com Naomi Watts em um filme chamado “O Impossível”,  que era como uma aula que durou seis meses, e depois fui para uma escola secundaria, fiz meus exames, levou um pouco de tempo e logo após finalmente fui para uma escola chamada “The Brit School” que é uma escola de artes. Mas assim que eu comecei lá, eu fui escalado para o filme de Ron, e tive que sair da escola para fazer o filme de Ron, porque, sinceramente, dezesseis anos de idade e você já está trabalhando com Ron Howard, não vai deixar isso para baixo! A escola depois teve a amabilidade de me deixar voltar, mesmo tendo perdido tanto tempo, e eu apreciei os restos dos meus dias lá.

Deve ser difícil ficar trabalhando tanto como ator que nem tem tempo para ir à escola.

Tom Holland: Bem, eu realmente não posso ler.

Isso deve tornar muito difícil então. “Eu amo o seu script. Eu não posso lê-lo”

Tom Holland: “O roteiro parece realmente bom. Parece um script. Eu só não sei o que isso significa” Não, eu quero dizer, au aprendo muito sobre esses conjuntos de filmes, especialmente em trabalhar com pessoas que são tão influentes como Ron. Quero dizer, ele está constantemente me ensinando coisas novas, e uma das coisas surpreendentes sobre ser ator é que você começa a aprender novas habilidades, competências que você não iria aprender, necessariamente, sem uma oportunidade. Como se tornar um marinheiro. Está é uma das coisas que eu não necessariamente usarei muito na minha vida, mas se você me pedir para dar um nó, eu sou muito bom nisso. Eu sempre sou o primeiro a me voluntariar se alguém precisar de um nó.

 Eu mesmo fiz aulas de vela no início dese ano, pensei que era interessante. Você acha que poderia realmente ir em um desses grandes navios e saber o que fazer?

Tom Holland: Com uma mão amiga.. Ben (Walker) definitivamente não poderia ser capitão de um navio. Eu tinha adquirido habilidades para navegar um navio, não o conhecimento. Há tanta coisa para velejar em um navio. Há cerca de mil linhas diferentes em um navio e saber o que cada uma faz, leva um longo tempo, e é por isso que você tem esses grumetes que começam no navio e aprendem ao longo dos anos e é por isso que demora tanto tempo para ser o capitão. Então, não, eu provavelmente não poderia navegar um navio. Eu gostaria de dizer que poderia

 Um barco pequeno, talvez?

Tom Holland: Com dois remos, talvez, mas sem velas.

Não, se você usar remos, é traição. Você tem que se locomover usando as velas.

Tom Holland: Um barco pequeno, talvez…

A vela é uma habilidade tão antiga que se viveu naquela área de Nantucket, você tem que saber como fazer isso, porque é onde tem todo o trabalho. Você está lidando com um outro filme sobre a água, porque em “O Impossível” você tinha tantas cenas que lidavam com o dilúvio. Então, para isso, você vai voltar e fazer mais trabalho no tanque. Você tinha mais experiência do que os outros.

Tom Holland: Eu estava muito nervoso indo para este filme, porque, obviamente, porque tinha uma grande lista de atores, e foi um grande filme e eu era, obviamente, o garoto sobre o navio, mas porque eu trabalhei com água antes, meio que  me deu confiança para se levantar e ser meu próprio homem, se eu quisesse. Sendo o mais jovem me deu a motivação para se certificar de que eu não era visto como o mais novo. Mas voltar para o tanque de água para mim foi emocionante e eu adorei. Eu realmente amo isso. Tivemos uma equipe de dublês fantástico.

Foi um monte de coisas de coisas de barco para um tanque construindo em Leavesden?

Tom Holland: Sim, tivemos um tanque exterior grande em Leavesden e, em seguida, dois tanques interiores, e o tanque interior foi construído de caixas de contentores que tiveram o barco baleia no meio e, em seguida, o outro tanque foi realmente profundo e eles construíram o casco do navio que poderiam afundar subaquática onde poderíamos filmar cenas no interior do navio que estava debaixo d’água. O que era meio surreal para mim, porque parecia que estávamos voando, porque estávamos em um ambiente seco, mas a voar através dele. Foi muito épico o dia em que filmamos essa cena.

Havia um monte de cenas como a tempestade e o primeiro ataque da baleia, há um monte de pequenos pedaços editados em conjunto ou você tem que coordenar seus movimentos como um grupo?

Tom Holland: Sim, foi um monte de pequenas cenas. Quando você ver o filme, a forma como é editado é tão rápido e tão rápido que você realmente sente como se estivesse lá e quando nós estávamos filmando isso, faríamos realmente pequenas cenas, mas por um longo período de tempo, apenas para dar para o Ron absolutamente tudo do que ele precisava. Apesar de ter sido cansativo, todos nós amamos. Era parte do processo, era parte da criação de um filme autêntico e eu acho que realmente ajudou ter Ron na sala de edição.

Você teve um passado no teatro que deve ter sido realmente útil para um filme como este e também Homem-Aranha e fazendo cenas de ações em geral. Você sente que a formação em movimentos e dança o ajudou nessas coisas?

Tom Holland: Definitivamente, 100%! Você aprende coisas diferentes de diferentes postos de trabalho e você pega o que você aprende sobre novos postos de trabalho para tentar certificar-se de que você não vá cometer os mesmos erros, mas a dança e o lado de ginástica me ajudou a me equilibrar nestes barcos. O que você não entende … ou o que você entende, sendo um marinheiro, é que quando você está em um barco, que está sempre em movimento. Mesmo que o mar é plano, o barco está sempre em movimento, e isso significa que você tem que estar constantemente equilibrado. Eu sempre tive um bom equilíbrio, de modo que eu era o mais afortunado dos caras no barco porque havia um monte que caia. Foi muito difícil.

 Eu imagino que o erros de gravação neste filme era basicamente atores que caiam na água …

Tom Holland: Eram muitos. Eles cairam em um ponto com 50 rádios de anúncios. Eu acho que, no final, eles esvaziaram o tanque e havia um mar de rádios.

Quanto profundo era o tanque?

Tom Holland: O tanque externo foi de quatro pés de profundidade, e então houve uma seção profunda no meio onde o barco estava situado.

 Como foi filmar nas coisas em que você estava preso? Eu imagino que foi muito desgastante e eu não sei se você teve que perder muito peso, porque você é muito magro. Imagino que Chris tinha mais a fazer no que diz respeito.

Tom Holland: A maneira que Ron gosta de trabalhar é que ele gosta de criar um ambiente que é autêntico, e ele gosta de criar um ambiente onde os atores estão confortáveis para que possam explorar novas maneiras de executar. Nós não estavamos particularmente confortáveis. Como eu tenho certeza que você sabe, não era tal coisa como um barco confortável, mas foram cenas realmente difíceis de fotografar, mas justamente por isso, porque estávamos fazendo um filme sobre pessoas reais e que tinhamos o dever de fazer justiça a essas pessoas.

 Mas esses dias, eles não disseram “sem embarcações para você. Você está destinado a sofrer. ”

Tom Holland: Eles disseram. Eles realmente fizeram isso.

 Você realmente tem que estar morrendo de fome.

Tom Holland: Nós realmente estavam morrendo de fome. Nós estávamos em uma dieta de 500 calorias por dia, o que para mim foi terrível, terrível. 500 calorias para mim não é nada, mas você pode imaginar o que 500 calorias por dia é para Chris e Ben? Quero dizer, eles são grandes caras e eles comem o dobro do que eu como, então sim, foi muito difícil, mas como eu disse, por todas as razões certas.

 Você tem feito um monte de coisas interessantes, já que “The Impossible”, como se estivesse em “The Lost City of Z.” Eu conheço James Gray por algum tempo e eu estou contente que finalmente se vai. Você já terminou de filmar isso?

Tom Holland: Uhum. Está tudo acabado agora. Nós estávamos filmando na Colômbia no último mês.

 Onde na Colômbia?

Tom Holland: Em um lugar chamado Santa Marta em uma das selvas lá em cima, e foi uma das mais loucas experiências que eu já tive. Colômbia é tão diferente do que eu sabia e todos os aspectos do país é diferente da Inglaterra e eu adorei. Eu amei a cultura, a comida e o café foi incrível. O lugar que fomos foi impressionante e realmente foi uma experiência incrível por filmar lá fora.

 Quem você vai interpretar?

Tom Holland: Eu interpreto um personagem chamado Jack Fawcett, que é filho de Percy Fawcett, interpretado por Charlie Hunnam. O engraçado é que a primeira vez que você me ver no filme eu tenho 11 anos e a última vez que você me vê no filme eu terei 21, então não havia um arco de caráter muito para eu tentar e retratar, mas James me ajudou a cada passo do caminho, colocando um bigode no meu rosto quando eu tinha 21 anos, que foi uma das coisas mais terríveis que um diretor já fez para mim. E eu adoro James Gray e ele é um dos maiores diretores que eu já trabalhei. Eu acho que ele é incrível, um cara tão legal, e tão interessante para trabalhar, mas esse bigode era apenas um lembrete constante de  quão terrível James é … brincando, é claro.

 Claro, a coisa mais importante foi que você foi escalado como Homem-Aranha. Será que você tem uma conexão com o personagem em tudo, tanto nos desenhos animados ou quadrinhos?

Tom Holland: É claro que sim. Eu sempre fui um grande fã do Homem-Aranha e crescendo com ele, eu tinha inúmeras fantasias do Homem-Aranha. Apenas dois anos atrás eu fui a uma festa à fantasia vestido como Homem-Aranha. Eu tinha um traje de metamorfose incrível onde você podia colocar seu telefone no seu peito e as aranhas se rastejavam pelo traje, foi incrível! Ele sempre foi uma grande parte da minha vida e uma grande parte de um lote de vida dos meninos, porque todo mundo pode, tipo, se relacionar com ele. Isso é o que eu acho que é tão interessante sobre ele. Eu acho que uma das coisas mais interessantes sobre Peter Parker para nós é que ele é a única pessoa no MCU agora que tem uma identidade secreta. Nós todos sabemos quem toda a gente é. Eu acho que é bastante interessante poder voltar ao esconderijo atrás de uma máscara e outras coisas.

 Um monte de outros atores têm experiência em trabalhar juntos a partir de outros filmes como em Os Vingadores, então tem sido estranho saltar para essa coisa?

Tom Holland: Não, eu acho que eles são pessoas bem fáceis de trabalhar. Eles são pessoas adoráveis e Robert (Downey Jr.) fiz meu primeiro teste de tela e ele foi tão acolhedor. Ele me chamou de lado e me deu um pouco de aconselhamento sobre a audição. Como com Ron, eu imediatamente me senti à vontade com ele porque ele é, um cara tão firme. Eu mal  posso esperar para começar a trabalhar com eles. Eu estou realmente animado para começar a trabalhar e ser parte desse universo.

Eu presumo que você estará indo filmar parte do filme em Nova York?

Tom Holland: Eu acho que sim, acho que sim

 Todos os outros filmes que eles fizeram pelo menos teve partes dele aqui.

Tom Holland: Sim, estamos filmando em Atlanta a maior parte dele, porque eu acho que é onde eles têm estúdios e é mais barato para construir uma réplica de Nova York do que filmar aqui, porque vai ser muito caro, mas eu acho que vai provavelmente vai acabar aqui por uma semana ou duas.

Eu não sei se você viu Homem-Aranha 3, mas toda aquele cena no Rockefeller Center. Eles fecharam o lugar por um longo fim de semana…

Tom Holland: De jeito nenhum!

 Você não pode imaginar o que fizeram com o tráfego. Acho que fou durante as férias também.

Tom Holland: Oh, uau! Não, eu não acho que vai ser gravado muitas cenas em Nova York. Porque seria um pouco de pesadelo.

 E você tem trabalhando com Chris, e por isso ele lhe deu alguns conselhos?

Tom Holland: Obviamente, enquanto estávamos filmando, eu não tinha sido escolhido ainda. Eu não sabia que eu ia ser o Homem-Aranha, mas recentemente, eu falei com ele sobre isso e ele me deu alguns conselhos, e eu acho que a coisa mais importante é apenas ficar na mesma. É muito fácil ser pego e arrastado para aquele mundo de fama e celebridade, eu acho. Chris é o mais distante disso. Ele é o mais fácil de lidar, um cara legal, que você já conheceu, e ele é incrivelmente difícil  de se trabalhar, e ele basicamente disse: “Você apenas tem que certificar-se de que você mantenha sua ética de trabalho acima de tudo. Você tenta dar o seu melhor e se divertir também. “Esta é uma oportunidade que as pessoas iriam morrer para ter e estou muito honrado em ter esta oportunidade, então eu quero ter certeza de que eu gosto, fazer justiça e fazer um grande filme , Eu acho.

Você tende a fazer uma lista de metas de coisas que você quer fazer ou é do tipo que deixa acontecer de sua maneira? Você parece estar recebendo algumas coisas boas.

Tom Holland: Sim, eu tenho metas. No momento, eu estou em uma espécie de desenvolver algumas das minhas próprias idéias, pequenas curtas-metragens, e tentando entrar ao lado da direção das coisas, assim como um real interesse, para ver como é. Eu gostaria de talvez fazer isso no futuro e seguir os passos de Ron. No momento, só estou levando tudo como ela vem. Eu estou em uma situação muito privilegiada, porque eu sei que eu tenho trabalho para ir, então eu não estou pressionado para entrar em outra set de filmagem. Mas eu tenho tanta sorte e estou tão feliz de estar com ele.

 Para concluir esta entrevista, eu vou pedir para me responder a pior pergunta que você já te fizeram. Anotei uma péssima pergunta, mas como uma brincadeira já que só temos mais um minuto então vou perguntar de qualquer maneira. “Se você estivesse preso no espaço, que Vingador você comeria?”

Tom Holland: Se eu estivesse preso no espaço, que Vingador eu iria comer? Provavelmente o Chris, porque não há mais dele, e ele iria durar mais tempo.

 Algumas pessoas me responderam que seria o Hulk e por razões semelhantes a sua.

Tom Holland: Mas você não pode comer o Hulk, porque você não pode matá-lo. Certo?

 

Fonte: Comingsoon.net | Tradução e revisão: @thollandbr