NOS CINEMAS

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS
NOS CINEMAS

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS

Tom Holland fala sobre “Homem-Aranha: De Volta ao Lar” e demais filmes da Marvel em entrevista!

Durante o CinemaCon, em Las Vegas, o ator britânico Tom Holland conversou com a Variety a falou sobre a trajetória como o Homem-Aranha no Universo da Marvel. O ator também comentou sobre os spinoff que a Sony planeja e seu encontro com Andrew Garfield no BAFTA 2017.

Você era fã do Homem-Aranha antes de conseguir o papel?
Fã é um eufemismo. Eu tinha o traje do Homem-Aranha, lençóis, brinquedos, o nome dele. Eu sempre tive uma discussão com o meu melhor amigo de que o Aranha era muito melhor do que o Batman. Eu era um grande fã!

O que você gostou do personagem?

Peter Parker é provavelmente o super-herói com o qual você mais pode se identificar, porque ele passa por algo que todo mundo tem que passar. Quanto à puberdade ou falar com as garotas ou fazer a lição de casa, ele faz isso de uma maneira tão humana. É por isso que ele é um personagem tão amado, porque muitas pessoas podem se identificar com ele. Se você perguntar a qualquer criança com menos de 10 anos quais são suas cores favoritas, é bem provável que seja vermelho e azul, então ele (Homem-Aranha) tem ambos marcadas (em seu traje).

Você chegou a ter contato com Andrew Garfield ou Tobey Maguire quando percebeu que iria interpretar o Homem-Aranha?

Não. Eu não estive em contato com eles. Ambos disseram coisas encantadoras sobre mim online. Eu me encontrei com o Andrew no BAFTA outro dia. Isso foi legal. Ele é um cara legal e tivemos uma ótima conversa, e seguimos por caminhos diferentes.

O que vocês conversaram?

Nós só falamos sobre o quão fantástico ele tem estado ultimamente fazendo filmes brilhantes. Ele falou comigo sobre como eu deveria estar animado e como ele estava feliz por mim. Foi tudo ótimo!

Como foi colocar o traje pela primeira vez?

A primeira vez que eu vesti o traje foi, eu não vou mentir, um pouco decepcionante. Eu fui anunciado como Homem-Aranha muito tarde considerando o processo de filmagem de “Guerra Civil”. Eles já estavam filmando com meu dublê antes de eu ter sido selecionado para interpretar o Homem-Aranha, então eles não tiveram tempo para me fazer um traje, porque esses trajes levam semanas e semanas para fazer, aí eles decidiram apenas adaptar o traje do meu dublê. Mas meu dublê era uns, bom, dois ou três centímetros mais alto do que eu e mais esguio, então a primeira vez que eu entrei nele era como um Homem-Aranha caído e triste. Mas, com o tempo, eu consegui vesti-lo perfeitamente e foi uma das experiências mais surreais de minha vida. Era um sonho desde que eu era criança e o fato de estar se tornando realidade diante de meus próprios olhos foi uma sensação tão louca. Eu estava tão orgulhoso de mim, e encantado com a forma que minha carreira tinha andado e de onde eu estava.

Quanto tempo leva para entrar no traje do Homem-Aranha?

Depende. Há diferentes versões, temos o traje para diferentes ocasiões. Às vezes eu tenho que usar um arnês, provavelmente leva 25 minutos para vestir. A parte difícil é ir ao banheiro. Você tem que planejar e ir com antecedência. Tem que ser como, “olha, eu acho que eu posso precisar ir ao banheiro em 45 minutos, por isso temos que tirar o traje”. Obviamente, é um traje muito caro, então você não quer ir balançando ele para baixo em torno de seus tornozelos.

Com “Guerra Civil”, “De Volta ao Lar” e agora “Guerra Infinita”, você estará interpretando o Homem-Aranha por anos. Os filmes ficam borrados um no outro?

Todos eles são filmes muito diferentes para mim. “Guerra Civil” foi um turbilhão, e eu realmente não sabia o que estava acontecendo. Eu fui jogado na extremidade profunda. “Homem-Aranha” foi a melhor época da minha vida. Eu estava lá com meu melhor amigo. Nós filmamos em Atlanta. Nós gravamos todos os dias. “Vingadores” foi louco, porque você está no set todos os dias com atores com quem nunca sonhei em trabalhar. Sou fã como qualquer outra pessoa.

A Sony tem planos de expandir o universo do Homem-Aranha com vários filmes spinoff. Você vai aparecer em “Venom” ou “Black Cat”?

Eu não faço a mínima ideia. Eu não li um script. Eu não vi nenhum tipo de arte conceitual, de modo que seria algo que eu iria decidir quando eu visse o material.

Você fez suas próprias acrobacias?

Eu fiz o tanto que me foi permitido.

Você assistiu aulas na Bronx High School of Science em Nova York para se preparar para o filme. Foi ideia sua?

Foi uma piada que eu fiz para a Marvel, que eu queria ir para uma escola para experimentar como eram as escolas secundárias de Nova York. Levaram muito a sério. Eu fui para a escola por três dias e disfarçado. Eu fazia um sotaque americano. Meu nome era Ben Perkins. O problema é que a Escola de Ciências do Bronx é para os gênios. Você não pode simplesmente participar na metade do caminho. Você tem que passar por um extenso processo de testes. Muitos dos alunos estavam confusos sobre o motivo de eu estar lá, e acho que muitos dos professores também. Então os professores continuaram me testando e fazendo perguntas, e acreditem, eu não sou um cientista. Foi divertido e aprendi muito sobre escolas. Um dos personagens-chave do filme, Flash Thompson, foi amplamente construído na minha viagem (a visão sobre ele). Bullying agora não é uma coisa apenas de atletas valentões. Eles são crianças ricas, com bons carros e com roupas extravagantes. Temos um valentão esnobe ao invés de um valentão atleta.

Por que você escolheu o nome Ben Perkins?

É o meu treinador. Ele estava comigo no momento, em Nova York, enquanto estávamos por lá. Eu entrei com outro nome, mas alguém me perguntou meu nome e entrei em pânico e acabei dizendo Ben Perkins. Então continuei com ele.

Você disse às pessoas da escola que você era o Homem-Aranha?

Eu disse para uma pessoa no último dia de aula e espalhou como um incêndio. Esta menina ficava me perguntando, “qual é a sua?”, e eu disse, “eu sou o Homem-Aranha”. Ela não acreditou em mim. Ela apenas pensou que eu era um louco.

Há tantos segredos em torno dos filmes da Marvel. Você conseguiu compartilhar algo com sua família ou amigos?

Deve ser incrivelmente secreto. Eu sou, talvez, não tão secreto como eles gostariam. Recentemente, eu vim para casa após “Vingadores”, e você deve entregar o seu script após ter terminado de gravar. Eles só lhe dão os papéis por esses dias, e eu acidentalmente os levei para casa e aparentemente houve um grande pânico no estúdio, porque ninguém conseguiu encontrar meu script e estavam preocupados de que iria vazar. Então eu coloquei um vídeo no Instagram queimando na lareira do meu pai só para provar para eles que o script não estava indo para nenhum outro lugar.

Como este filme do Homem-Aranha é diferente dos outros filmes anteriores?

Definitivamente nos concentramos em um super-herói mais novo. Da grande quantidade de filmes de super-heróis que vimos, vimos o soldado, o cientista, o bilionário, e agora é a hora de ver o garoto. Há algo interessante em dar poderes para um adolescente de 15 anos e ver o que ele faria com eles. Eu acredito fortemente que um garoto de 15 anos teria o grande momento de sua vida. Era importante ver o Peter Parker desfrutando de seus poderes, mas também usá-los para fazer o bem.

DEIXE SEU COMENTÁRIO