NOS CINEMAS

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS
NOS CINEMAS

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS

Por que a personagem da Zendaya em ‘Homecoming’ pode ser uma grande revelação?

O site The Wrap informou essa semana que Zendaya, antes divulgada como Michelle, estaria na verdade interpretando a personagem Mary Jane Watson, o interesse amoroso mais significativo do Peter Parker. Grande parte da internet reagiu da pior maneira possível: reclamações, ofensas e inúmeras palavras sujas referindo-se à atriz. Algumas outras pessoas pararam para analisar melhor tanto a informação do site, como também todas as adaptações já feitas pela própria Marvel, seja no cinema ou na TV. É uma questão interessante: Por que a Marvel deixaria a Mary Jane como uma revelação?

Importante ressaltar que nem todos, incluindo alguns jornalistas, estão totalmente convencidos de que ela é a Mary Jane. Indo aos fatos: Foi relatado por alguns figurantes, nas primeiras semanas de gravações, que a personagem da Zendaya estaria usando um codinome, “M.J.”, o qual, por coincidência, é a abreviatura do nome do par romântico mais popular do Peter Parker. Isso significa que o nome “Michelle” não seria exatamente uma mentira, e também que a Marvel Studios não iria apagar 100% uma característica marcante da versão já conhecida da M.J.: o cabelo vermelho; está é apenas uma adaptação da personagem. Então se o nome do meio de Michelle começar com J, sabemos que esse seria o caso. Claro, também há a opção de todos que repassaram essas informações só terem o conhecimento do primeiro nome, Michelle, pois é assim que ela é chamada no set – mas a hipótese de que a personagem usaria um codinome foi cogitada e espalhada antes mesmo de o nome “Michelle” tornar-se público.

Quanto à questão de que isso seria uma revelação: isso é fácil – sempre foi. Os fãs que estão chateados com a possibilidade de a Mary Jane não ser ruiva no filme certamente são especialistas o suficiente em quadrinhos para saber que Mary Jane Watson foi uma grande revelação até mesmo lá. Tia May começa a pôr Peter em uma situação constrangedora com a ainda não vista Mary Jane na edição #15 do Amazing Spider-Man (Mary Jane já é mencionada nos quadrinhos nas primeiras edições), de modo que ele arruma inúmeros motivos para não conhecer a garota. Nesse momento da história, Peter acha que toda garota que Tia May tenta colocar em sua vida é como um cão e, além disso, ele já tem muita dificuldade com garotas em sua vida. Mary Jane não aparece até a edição #25 e, ainda assim, seu rosto é totalmente obscurecido:



Não é até a edição #42 (dois anos depois após sua primeira menção na história!) que ela aparece recitando sua famosa frase: “Reconhece, gatão… você tirou a sorte grande“, e assim se encerrou aquele capítulo. Foi assim que aconteceu: Com uma grande revelação.




Como fazer uma grande revelação como essa hoje em dia? Acho que não podemos, porque, no momento em que alguém for escalada como Mary Jane, todos nós vamos saber quem ela é. Mas e se você quiser ter a mesma sensação de descoberta que os leitores tiveram com a HQ? E se você quiser surpreender as pessoas, com uma revelação significativa para o público e não para um personagem (uma Mary Jane revelada para nós, em 2017, como foi para o Peter, em 1966)? Pode ser exatamente o que o novo filme,  Spider-Man: Homecoming, vem tentando fazer, do seguinte modo (ressalta-se que esse não será necessariamente o desenrolar da história no filme; trata-se de uma suposição explicativa):

Introduzir Michelle. Ela aparenta ser meio desmazelada e usa longos vestidos. Ela não é feia, mas também não chama a atenção do Peter, porque a mais convencional e obviamente bonita Liz Allan está por aí (especialmente quando Peter toma conhecimento de que ela sente uma atração pelo Homem-Aranha, situação já apresentada na descrição do teaser exibido na Comic-Con).  Michelle não aparenta ser uma garota da moda ou popular, ela faz mais o estilo nerd. Seu relacionamento com Peter, como sabemos também pela descrição do teaser, está cheia de briguinhas e desconfianças. Peter está “por fora”, perseguindo a garota mais bonita da escola… sem saber que a garota realmente mais bonita não arruma o cabelo ou usa maquiagem. Ele não percebe que a menina que mais tem a ver com ele, é a menina das roupas largas que zoa com ele (o tipo de zoação que ele costuma fazer como o Homem-Aranha), até que uma noite…

Sim, “Homecoming”, a festa que dá nome ao filme. Sabemos que está acontecendo – um anúncio pode ser visto no teaser da SDCC. John Hughes foi nomeado como uma inspiração para esse novo filme do Homem-Aranha, e que haverá um ‘toque’ de ‘The Breakfast Club‘. No filme, Ally Sheedy é normal, ou quase isso, e depois finalmente é reconhecida como alguém atraente. Imagine uma cena em que Michelle se mostre com um notável vestido, cabelo feito e ótima maquiagem, e diz para que todos os seus amigos a chamem de “MJ”. Assim é como você faz uma revelação para ambos: personagens e público.

Mais uma vez, informamos que não há conhecimento real sobre isso. O mais certo até agora é que Zendaya estaria de fato usando um codinome no filme. O resto é pura especulação.

Spider-Man: Homecoming (Homem-Aranha: De Volta ao Lar) estreia dia 6 de Julho de 2017.



DEIXE SEU COMENTÁRIO

  • juni

    amei esse post. <3