NOS CINEMAS

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS
NOS CINEMAS

Homem-Aranha: De Volta ao Lar

EM EXIBIÇÃO NOS CINEMAS

Infância:


Peter Parker nasceu no Queens, sendo filho dos agentes da CIA Richard e Mary Parker. Enquanto Peter ainda era um bebê, seus pais foram designados para se infiltrarem na base base de espionagem Algeriana controlada pelo agente comunista, o Caveira Vermelha (Albert Malik). Quando o Caveira Vermelha descobriu que Richard e Mary eram agentes agentes duplos, ele fez com que um de seus agentes, o Finalizador, os matasse em um acidente de avião e então os culpasse de traição. Peter passou a viver com seus tios, Ben e May Parker, em Forest Hills, Nova York; eles se tornaram os pais substitutos de Peter e cuidaram dele como se fosse seu próprio filho. Nos próximos nove anos, Parker se tornou extremamente brilhante em ciência e um estudante de honra na Midtown High School. A timidez e o interesse escolar de Parker muitas vezes o deixaram excluído do outros alunos e o tornou um alvo para os valentões, principalmente a estrela de futebol Flash Thompson.

De Peter Parker ao Homem-Aranha


Ao assistir a uma exibição pública demonstrando a manipulação segura de resíduos de laboratório nuclear, patrocinada pela Corporação General Techtronics, Peter Parker, com apenas 15 anos, foi picado na mão por um aranha que havia sido irradiada por um acelerador de partículas usado na apresentação. Sem que ele soubesse, após a aranha cair de sua mão, ela picou uma menina, Cindy Moon, no tornozelo antes de morrer por causa da radiação. Em seu caminho para casa, Peter foi quase atropelado por um carro, mas quando Peter pulou fora do caminho, ele descobriu que ele havia de alguma forma ganhado incrível força e agilidade e a habilidade de se agarrar nas paredes, traços de aranha que ele imediatamente associou à picada de aranha. Encontrando um anúncio que oferecia um prêmio em dinheiro para quem ficasse no ringue durante três minutos com o lutador profissional Joseph “Crusher” Hogan, Peter decidiu que esta seria uma boa maneira de testar seus poderes. Vestindo uma máscara para evitar de se constranger, no caso de perder a luta, Peter derrotou facilmente o seu adversário. O produtor de TV Maxwell Shiffman observou sua performance e o convenceu a ir à televisão. Criando um traje completo e fabricando um fluído semelhante a teia de aranha e lançadores de teia para o pulso, Peter chamou a si mesmo de Homem-Aranha, tornando-se uma sensação.

Após a sua primeira aparição na TV, Peter deixou de impedir um ladrão que estava escapando, alegando que não era sua responsabilidade o parar. Peter esqueceu desse incidente conforme sua fama aumentava, mas dias depois ele voltou para casa à noite e descobriu que seu tio Ben havia sido assassinado. Ao descobrir que a polícia havia cercado o ladrão em um armazém, Peter colocou seu traje de Homem-Aranha e facilmente o capturou, mas acabou descobrindo que ele era o mesmo ladrão que ele havia permitido escapar anteriormente. Cheio de remorso, ele percebeu que quando alguém tem poder, ele tem a obrigação de usá-lo de forma responsável, então ele decidiu se tornar um super-herói.

Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades


O primeiro problema que o jovem Peter enfrentou foi a falta de dinheiro com a morte de seu tio. Devido ao fato de que sua Tia May estava fraca demais para trabalhar e Peter era visto como frágil, ele decidiu conseguir um trabalho, mesmo que a Tia May desejasse que ele se tornasse um cientista. Peter até mesmo pensou em usar seus poderes de aranha para o crime, mas acabou mudando de ideia ao pensar em como sua tia iria reagir quando ele fosse preso. No entanto, parecia impossível para ele encontrar um emprego para pagar as suas dívidas crescentes. Como Homem-Aranha, ele não foi capaz de continuar sua carreira como estrela de TV, por causa de J. Jonah Jameson, proprietário da NOW Magazine e o jornal Clarim Diário. Jameson começou uma campanha contra o Aranha, afirmando que ele era uma má influência para as crianças e um criminoso por fazer justiça com as próprias mãos, referindo-se a situação com o assaltante. Estes protestos começaram a fazer efeito e virar a opinião pública contra o Homem-Aranha, fazendo com que o empresário do Aranha o deixasse, impedindo que ele ganhasse dinheiro até mesmo como Homem-Aranha. Peter procurou por anúncios de emprego, mas acabou sendo rejeitado por todos. Não ser capaz de usar seus super-poderes como Homem-Aranha enfureceu Peter, e sua fúria apenas se intensificou depois de ver sua Tia May vender suas jóias para tentar ganhar algum dinheiro. A segunda ação heroica do Aranha foi salvar o filho astronauta de Jameson, John Jameson de um acidente em uma cápsula espacial. O Homem-Aranha pegou uma carona em um avião pequeno, e embarcou na cápsula durante a reentrada. O Aranha então anexou a peça que estava faltando da cápsula, permitindo que ele pousasse com segurança. Embora ele tenha salvado John, mesmo assim o Aranha foi responsabilizado por J.J. Jameson pelo acidente.

Mais tarde, tentando encontrar uma maneira de conseguir algum dinheiro, ele decidiu se juntar à equipe de super-heróis o Quarteto Fantástico. O Aranha invadiu o Edifício Baxter e lutou contra o Quarteto, como uma forma de mostrar a eles o seu poder, mas a equipe se recusou a deixar o Aranha entrar, explicando que eles que não recebiam pagamento por seus atos e que eles eram uma família, não uma empresa. Mais tarde naquele dia, o criminoso Russo e o mestre dos disfarces conhecido como o Camaleão usou a identidade do Homem-Aranha para roubar planos de mísseis de defesa. O verdadeiro Aranha foi usado pelo Camaleão como um peão para escapar da cena sem problemas. Depois de conseguir evitar ser capturado pela polícia, o Homem-Aranha pegou o Camaleão em um helicóptero antes que ele pudesse chegar a um submarino soviético e lhe entregou às autoridades. Peter finalmente encontrou uma maneira de ganhar dinheiro quando o Clarim Diário pediu fotos do criminoso alado conhecido como o Abutre. O Homem-Aranha não só derrotou o vilão, mas também encontrou uma maneira de tirar fotos, o que fez com que J.J. Jameson contratasse Peter para tirar fotos do Homem-Aranha, sob a condição de que o publicitário não perguntasse a Peter como ele tirou as fotos. Eventualmente, Peter se formou no colegial como orador oficial e matriculou-se na Universidade Empire State com uma bolsa de ciências, conhecendo novos colegas de classe, tais como Harry Osborn e Gwen Stacy. Mesmo que ele tenha tido um mau começo com eles, eventualmente Peter tornou-se amigo deles, assim como de Flash Thompson, o valentão do ensino médio que, ironicamente, era o maior fã do Homem-Aranha.